MSC Cruzeiros introduz novo sistema de vídeo-vigilância a bordo

por Redação | Iris Sant'Anna

13/10/2017

Juntamente com a Bosch e a Hewlett Packard Enterprise, a MSC Cruzeiros desenvolveu ao longo de 14 meses um novo sistema de vídeo-vigilância para navios, que já está operacional no MSC Meraviglia

Imprimir
MSC Cruzeiros
 

MSC Cruzeiros, em colaboração com a Bosch e a Hewlett Packard Enterprise, desenvolveu um sistema inovador de vídeo-vigilância a bordo, já instalado e operacional no MSC Meraviglia, mas previsto para ser instalado em toda a frota da empresa. Os três parceiros trabalharam ao longo de 14 meses neste projecto, que “permitirá, entre outras características, uma intervenção mais rápida no caso improvável de uma pessoa ou um objecto cair ao mar”, refere a MSC Cruzeiros.

O novo sistema “consiste numa abrangente protecção inteligente de câmaras de vídeo ópticas e térmicas que oferecem uma constante e ampla vigilância ao longo das áreas exteriores mais importantes do navio”, refere a MSC Cruzeiros, acrescentando que “todas as imagens capturadas serão transmitidas em tempo real para uma Sala de Segurança Central, onde as transmissões serão monitorizadas juntamente com todos os restantes inputs provenientes das 1.200 camaras HD CCTV a bordo do navio”.

Segundo a operadora de cruzeiros, “enquanto um componente-chave na infra-estrutura de vigilância é a instalação de hardware altamente resistente (câmaras, estrutura, base) que resiste a condições difíceis no mar, uma parte significativa do processo é programar o software de tal forma que permita disponibilizar dados fiáveis e rigorosos”. Para aumentar “a precisão das imagens de vídeo capturadas, estas serão processadas e analisadas por dois sistemas de processamento de imagem independentes”, diz a MSC Cruzeiros.

“Este duplo sistema de segurança permitiu reduzir significativamente a margem de erro para alertas falsos – tipicamente causados por movimentos naturais tais como ondas, reflexos do sol ou da lua, ou um pássaro, disparando o alarme”, refere a empresa, sublinhando que “estas interferências comuns geralmente representam desafios significativos para a actual tecnologia CCTV a bordo”. Mais de 25 mil horas de análise de vídeo, testes de software e actualizações algorítmicas contínuas, permitiram que o sistema alcançasse “um nível de precisão confirmado de 97%”, refere a MSC Cruzeiros.

Conforme explica a empresa, “em caso de alarme, um sinal de luz e sonoro vão alertar o Oficial de Segurança do navio no Centro de Segurança, que poderá imediatamente ligar-se ao sistema e adquirir todas as imagens e dados, e, se necessário, retirar e rever as imagens de vídeo”, acrescentando que “o Oficial de Segurança tem acesso directo ao comando do navio na ponte para permitir acção imediata”.

 

Fonte: Jornal da Economia do Mar

 

COMENTÁRIOS

Assine nossa newsletter